Domingo de Verão na cidade

O vento sopra exacerbado e quente nesta tarde lânguida de Agosto, levantando folhas, saias e cabelos, mas não o tempo, que passa devagar. Nas ruas ouve-se o silêncio dos lugares sem gente, que nem os poucos que se avistam debaixo do sol escaldante se atrevem a quebrar. Movem-se em gestos lentos, falam em baixo tom, pois os corpos querem-se frios para suportarem a temperatura.

Deixai passar a hora do calor. Deixai que o céu mergulhe em lilás.

E então, as portadas serão abertas, as crianças correrão para os parques, os banhistas regressarão das praias, os cães voltarão a ladrar. E então, a cidade retornará ao seu bulício habitual, após algumas horas a brincar de ser aldeia.

Respostas de 2 a “Domingo de Verão na cidade”

  1. Maravilha.
    Obrigado pelo texto tão bom de se ler.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: