História de Embalar

Esta noite contei-vos uma história. Há muito que não o fazia. À medida que vocês crescem, este nosso ritual tem-se tornado cada vez mais espaçado. Passam-se semanas sem que me peçam uma história e sem que eu tome a iniciativa de vos oferecer uma.

Mas esta noite, apesar de impaciente porque na sala me esperava uma série empolgante, enquanto as palavras enchiam o quarto, comecei a sentir a voracidade do tempo, o que me fez abrandar o ritmo da leitura e saborear o momento como se fosse o último. Ou um dos últimos. Daqui a dois ou três anos, certamente não vão querer que vos conte histórias…

Quero recordar esta noite para sempre. Os três na cama do Tiago, a ler um conto do David Walliams, Isabel Cruel, ao som dos vossos bocejos e da ternura na minha voz.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers gostam disto: