O mundo encantado da Disneyland

2019-06-03 19.44.24

Para celebrar os meus 40 anos, decidi ir à Disneyland de Paris. Já lá tinha estado há mais de 20 anos e, sendo uma fã incondicional do universo criado pelo Sr. Walt, não encontrei melhor maneira de entrar nos “entas” do que naquele parque de diversões. Não me arrependi. Quem já lá foi sabe que é um sítio mágico, que faz os adultos sentirem-se crianças e as crianças sentirem-se personagens dos seus desenhos animados preferidos, que era precisamente o que eu pretendia. Quem nunca foi e está a planear ir nos próximos tempos, talvez deva ler isto primeiro.

Não sendo especialista no assunto, e reunindo alguns conselhos que também me foram dados por amigos que lá tinham estado antes, deixo-vos um resumo do que se pode esperar e algumas dicas de sobrevivência:

  • A Disneyland é realmente um sítio mágico. É impossível ficar indiferente a estar perante o castelo da Bela Adormecida em tamanho real, entrar numa Casa Assombrada, fugir às forças do Mal numa nave do Starwars, voar com o Peter Pan. Mas é também um sítio onde todo o dia e em todo o lado está a passar música da Disney. SEMPRE. Por isso, se de repente sentirem um nervoso miudinho e não souberem explicar de onde vem, provavelmente é da musiquinha constantemente a entrar pelo cérebro adentro. Eu cheguei de lá há 15 dias e continuo a cantarolar músicas de Disney. E ontem fui acometida por um desejo incontrolável de me enfiar num shopping e ir ver o Aladino! Ou seja, qualquer que seja o plano deles para nos deixar viciados, resulta.

 

  • 2019-06-03 16.17.24A Disneyland é o sítio onde há mais “meltdowns” por metro quadrado. Entre crianças excitadas, assoberbadas ou exaustas (ou tudo ao mesmo tempo) e mães com nervos em franja, é só escolher. Por outro lado, é o sítio onde finalmente achei que tinha uma família normal. Isto é, uma família em que há pelos menos 4 birras, duas palmadas no rabo e vinte ameaças de castigos por dia.

 

  • Os divertimentos são na sua maioria espetaculares, se bem que 90% do que vi é exactamente o mesmo, sem tirar nem por, que tinha visto em 1992 quando aquilo abriu. Parece-me que um pequeno update não faria mal. Há carrosséis mais empolgantes nas feiras de verão. Só não têm decorações com os bonecos da marca registada.
  • 2019-06-03 21.09.15A Pixar quase não está representada nos divertimentos. Parece que há uma coisa qualquer do Buzz Lightyear mas estava fechado. Assim como estavam outros quatro divertimentos do parque principal (incluíndo o Dumbo, o que é imperdoável quando o filme saiu em Março!) e ainda mais no Disney Studios (segundo nos informaram visitantes que lá tinham estado). Eu percebo que é preciso fazer manutenção, mas podiam fazê-la a um carrossel de cada vez, digo eu.
  • É possível não ficar horas nas filas! Existe uma coisa chamada fastpass. Pode comprar-se à entrada e ter acesso directo a 5 ou 6 divertimentos sempre lotados (sendo que é mais caro do que o bilhete diário) OU ir a um guichet automático, mesmo à porta do divertimento e retirar um fastpass que nos dá um intervalo de hora para voltar lá sem estar na fila. Depois de usar um, pode-se ir retirar outro. Vale a pena retirar fastpass para a montanha russa dos mineiros, o Peter Pan e o simulador do Star Wars. A Hyper Space Mountain também tem filas assustadoras, mas depois das 20h já não tem quase ninguém. Nos divertimentos menos concorridos, as filas andam na ordem dos 15 minutos. Passa a correr.

 

  • Existe uma app gratuita onde podemos ver em tempo real quanto tempo de espera tem cada divertimento, onde é o restaurante mais próximo, a que horas é o desfile, etc. Vale a pena instalar.

 

  • Existem  bebedouros em tudo quanto é lado por isso não precisam de gastar 6 euros numa garrafa de água (sim, é o que pedem em certos sítios do parque) e é menos plástico nas lixeiras. O Planeta agradece.

2019-06-04 09.22.23-2

  • A comida é absolutamente abominável. É só junk food em menus de 16 euros. NUNCA ir ao italiano La Bella Note. Ficámos quase uma hora só na fila para pedir! Para quem não tem limite de crédito, pode optar pelos restaurantes à la carte, alguns com possibilidade de ver as personagens a passear por lá, com preços por pessoa a rondar os 50 euros. Talvez noutra vida… Ou podemos sempre andar mais 1 km e ir ao exterior do parque, onde existe uma ou outra opção mais barata e variada (Vapiano é muito bom). Mas o melhor é levar as mochilas cheias de sanduiches, fruta, tostinhas e outros snacks minimamente saudáveis, de modo a só ter de fazer uma refeição completa no parque. Ou então perder umas horas para ir ao hotel e voltar, o que é uma excelente opção para quem tem bilhetes para mais do que 2 dias e não está naquela ânsia de não querer perder nem um minuto.

2019-06-04 09.20.05

  • Por falar em dias, um bilhete de dois dias dá para ver todo o parque principal. Andámos em tudo. Se tivéssemos escolhido os 2 dias, 2 parques (Disney + Studios) teríamos saído de maca. Andámos uma média de 15 km por dia só num parque. Talvez para quem já foi antes, visitar os dois parques seja uma boa opção, porque já sabe onde são as coisas e em quais quer andar. Para visitantes de primeira viagem é só um movimento suicida.
  • Menores de 6 anos: obrigatório levar carrinho-bengala. Menores de 5 anos: não vale a pena irem. A sério. Não se vão lembrar de nada e não vão poder andar nem em metade das coisas. Se o vosso bebé é fã do Mickey, contratem um homem mascote para passar lá em casa. Tenho a certeza de que terá muito mais impacto.
  • Imprescindível marcar lugar para ver o desfile (às 17.30h) e o espetáculo final de videomapping e fogo de artifício (23h). Marcar o lugar significa sentar-se no meio do chão junto ao percurso uns 40 minutos antes da hora. Não é nada confortável, mas sempre dá para descansar um bocadinho e distribuir uns snacks aos miúdos. Ambos os espetáculos são muito giros, tirando a parte em que as músicas são em francês. Eu achava que a Disneyland era assim tipo o Vaticano: um estado dentro de outro país, independente e com as suas regras. Logo, a língua oficial deveria ser inglês, certo? Quem quer ouvir a música da Pequena Sereia em francês? A sério? Mesmo assim, quase verti uma lágrima.

2019-06-04 17.40.56

  • Efectivamente, a Disneyland Paris é em França. E para quem conhece os franceses… bom, nem vou começar. Digamos que não são os mais sorridentes. Mas também, qualquer coisa menos simpática que vos digam é lançar um «Éder, Euro 2016» e eles calam-se.
  • É possível cruzarmo-nos com quase todas as personagens da Disney no período da manhã. Nuns dias estão lá uns, noutros dias estão outros. Também há sempre fila para tirar uma fotografia e dar um abracinho a cada um deles. Com seguranças a impedirem-nos de nos aproximarmos demasiado, como se a Minnie fosse a Madonna.

2019-06-04 12.08.43

  • Também é possível cruzarmo-nos com pessoas um bocadinho fora do contexto. Por exemplo, um adolescente de 17 anos perfeitamente normal e saudável a andar no barquinho do “It’s a Small World” de mão dada com a mãe. Tiago, filho, não me deixes fazer-te isso se um dia voltarmos à Disneyland durante a tua adolescência, está bem?
  • Quem quiser realmente poupar dinheiro, aconselho a ficar em hotéis fora da Disney. Nós ficámos neste http://www.booking.com/Share-s1R8vz com shuttle grátis literalmente à porta. Era tão bom que até os champôs e cremes da casa de banho eram da Rituals. O trajecto de shuttle demora 6 minutos. Também há vários sites (legítimos!) como o Piqniq por exemplo, onde é possível comprar entradas mais baratas.
  • Conselhos finais óbvios , mas que vale a pena reforçar: roupa e calçado confortável, aproveitar as pausas das refeições para descansar bem as pernas, levar a bateria do telemóvel ou da máquina fotográfica no máximo e aproveitar cada segundo!

2019-06-04 23.18.49

 

E foi assim que, por dois dias, fomos felizes para sempre!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.