Anoitecer

Quando o Sol se põe a Lua nasce. Isto toda a gente sabe. O que poucos sabem é que nasce mesmo em frente à minha janela. E não há palavras suficientemente bonitas para descrever o que vi no Domingo. Uma lua cor-de-laranja a nascer atrás dos prédios do outro lado do rio. A subir lentamente, devagarinho, sem ninguém dar por ela. E à medida que ia subindo ficava mais brilhante e mais amarela, até o amarelo clarear e se tornar branco. Mas aí já ia alta e já passava das nove.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.